As mentiras do Apocalipse Protestante! 

Pastor Joel Santana.

Pastor Joel Santana.

Pré-tribulação mentirosa.

http://www.pastorjoel.com.br/escatologia.htm

Observem meus irmãos católicos, que já no inicio da escatologia desse pastor já começa errado e cheio de contradições. 

Ele julgou que (Apocalipse 3-10) se refere a um arrebatamento dos santinhos protestantes antes dos supostos tormentos divinos no qual eles chamam de "tribulação", não vou nem entrar na questão do que seja tribulação, vou aqui provar a mais esse falso profeta que “pré-tribulacionismo” é coisa de satanás.

Primeiramente ele diz que os santinhos protestantes serão retirados da terra antes das supostas tribulações e não passarão por elas, serão abduzidos celestialmente; se isso for correto então quem eram os descendentes da Mulher no qual o Dragão fez guerra em Apocalipse 12?

17. Este, então, se irritou contra a Mulher e foi fazer guerra ao resto de sua descendência, aos que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus.
18. E ele se estabeleceu na praia.   

Quem são os santos no qual a Besta recebeu o poder de fazer guerra contra eles no Apocalipse 13?

7. Foi-lhe dado, também, fazer guerra aos santos e vencê-los. Recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação,
8. e hão de adorá-la todos os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado.
9. Quem tiver ouvidos, ouça!

Será que o Apocalipse está errado e Deus levantou o Pastor Joel Santana para consertá-lo? Lógico que não, veja que o versículo que ele diz ser referente a heresia do pré-tribulacionismo nada tem haver com tal doutrina satânica.

Apocalipse 3

10. Porque guardaste a palavra de minha paciência, também eu te guardarei da hora da provação, que está para sobrevir ao mundo inteiro, para provar os habitantes da terra. 

Nesse versículo diz que viria uma tentação para o mundo, mas só iria provar os habitantes da terra, em meu tópico “habitantes da terra” eu explico que se tratava apenas dos habitantes da Judéia e Jerusalém, isso ocorreu durante o tempo da destruição do templo.

Observem a tentativa de adulterar a bíblia:

Guardar não tem nada haver com arrebatar e sim proteger, ou seja, os Cristãos no momento das tribulações são protegidos espiritualmente, podemos observar isso em outros textos bíblicos. 

I Corintos 10

12. Portanto, quem pensa estar de pé veja que não caia.
13. Não vos sobreveio tentação alguma que ultrapassasse as forças humanas. Deus é fiel: não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, mas com a tentação ele vos dará os meios de suportá-la e sairdes dela.

Observem que São Paulo diz:

Jamais virá uma tentação que o homem não suportará e que no meio das tentações Deus nos dará um meio de suportá-las e sairdes dela.   

Suportar e passar por ela, jamais ser retirados dela, no texto de (Apocalipse 3-10) São João está escrevendo exatamente isso, no momento da tentação Deus guarda, protege e da força para atravessá-la. Assim nós pedimos na oração do pai nosso.

Lucas1

2. Disse-lhes ele, então: Quando orardes, dizei: Pai, santificado seja o vosso nome; venha o vosso Reino;
3. dai-nos hoje o pão necessário ao nosso sustento;
4. perdoai-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos àqueles que nos ofenderam; e não nos deixeis cair em tentação.

Na oração somos ensinados a pedir para o Pai não nos deixar CAIR nas tentações, ou seja, nos guardar e nos proteger nesse momento.

Veja a falta de preparo, sabedoria, capacidade e espiritualidade desse pastor em querer auto-interpretar a bíblia e acrescentar situações inexistentes na cronologia do Apocalipse.

Observem o embusteiro que esse pastor inventou sobre arrebatamento, primeiro ele diz que Jesus Cristo virar buscar os santinhos e depois acontecerá os tais tormentos divinos que eles inventaram.

A Grande questão é que São Paulo diz:

O arrebatamento só se dará DEPOIS da ressurreição dos mortos.

I TESS 4

15. Eis o que vos declaramos, conforme a palavra do Senhor: por ocasião da vinda do Senhor, nós que ficamos ainda vivos não precederemos os mortos.
16. Quando for dado o sinal, à voz do arcanjo e ao som da trombeta de Deus, o mesmo Senhor descerá do céu e os que morreram em Cristo ressurgirão primeiro.
17. Depois nós, os vivos, os que estamos ainda na terra, seremos arrebatados juntamente com eles sobre nuvens ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor. 

Observem que São Paulo diz claramente.

1º) A ressurreição dos mortos.

2º) O arrebatamento de TODA a humanidade que estiver viva ainda na terra (não só os santinhos protestantes).

Irmãos Católicos, não tem como haver um arrebatamento antes das tribulações, pois antes do arrebatamento tem que existir a ressurreição dos mortos, e a ressurreição dos mortos só acontecerá no juízo DEPOIS de todas as tribulações e Reino milenar de Cristo em Apocalipse 20.

1. Vi, então, descer do céu um anjo que tinha na mão a chave do abismo e uma grande algema.
2. Ele apanhou o Dragão, a primitiva Serpente, que é o Demônio e Satanás, e o acorrentou por mil anos.
3.
Atirou-o no abismo, que fechou e selou por cima, para que já não seduzisse as nações, até que se completassem mil anos. Depois disso, ele deve ser solto por um pouco de tempo.

4. Vi também tronos, sobre os quais se assentaram aqueles que receberam o poder de julgar: eram as almas dos que foram decapitados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e todos aqueles que não tinham adorado a Fera ou sua imagem, que não tinham recebido o seu sinal na fronte nem nas mãos. Eles viveram uma vida nova e reinaram com Cristo por mil anos.
5. (Os outros mortos não tornaram à vida até que se completassem os mil anos.) Esta é a primeira ressurreição.

Observem que o Anjo aprisiona satanás no abismo durante o reino milenar de Cristo, durante esse reino acontece a ressurreição do Santos que estão diante de Deus. Os outros mortos só irão ressuscitar Depois do reino milenar de Jesus Cristo que se iniciou com o fim das tribulações.

Sendo assim o arrebatamento só pode ocorrer depois das tribulações, reino milenar e ressurreição dos mortos.

E mais uma vez a mentira acaba.

Autor: Cris Macabeus.